YouTube vai moderar vídeos premium

O YouTube está bastante incomodado com a repercussão negativa do caso Logan Paul, o youtuber que filmou um corpo na “floresta do suicídio” no Japão. Por isso, a plataforma de vídeos vai reforçar o monitoramento para evitar que algo parecido aconteça novamente.

Para isso, vai usar inteligência artificial e moderadores humanos para analisar vídeos dos principais criadores de conteúdo da plataforma. A ideia é impedir que vídeos com conteúdos considerados impróprios sejam ligados a grandes marcas e anunciantes.

O YouTube teria sido motivado por conta das reclamações constantes de usuários e empresas parceiras, nada satisfeitas em se verem vinculadas a temas como o de suicídio, por exemplo.

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU