Só para mulheres

Um caso de violência contra a mulher acontece a cada sete minutos no Brasil, segundo dados do ano passado da Central de Atendimento à Mulher. A intenção do aplicativo Femitaxi é diminuir esses números com um serviço de transporte operado por mulheres e exclusivo para o público feminino.

A ideia virou realidade em dezembro do ano passado e nasceu a partir dos comentários de várias mulheres que se sentiram intimidadas por algum comportamento inadequado e não muito profissional. Uma pesquisa de mercado realizada antes do lançamento da ferramenta mostrou que 56% das mulheres preferem taxistas do mesmo sexo.

O serviço deixa não só as usuárias mais seguras, como também as motoristas. Nos últimos anos aumentou o número de mulheres taxistas e muitas delas ouvem comentários indesejados por parte de seus colegas masculinos.

Até o momento, cerca de 10 mil mulheres baixaram o aplicativo, que por enquanto só funciona em São Paulo e Belo Horizonte. Mas ao longo deste ano está previsto que comece a funcionar em cidades como Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre, sem descartar no futuro a expansão internacional.

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU