Para profissional moderno, saber programar é preciso

Comentário da matéria “Para o profissional moderno, saber programar é preciso”

Jornal Valor Econômico

 

A programação ensina lógica, matemática avançada e conceitos de aprendizagem que nos tornam mais inteligentes e são úteis em todas as áreas”, afirma Jake Schwartz, fundador e diretor-presidente da General Assembly.

Aprender a programar tem se tornado cada vez mais frequente e essencial. Para se ter uma ideia, o Centro de Jovens Talentos (CTY, sigla em inglês), da universidade de Johns Hopkins que oferece vários cursos online, possuiu em 2009, 63 alunos que participaram do curso “Introdução a web design”, já neste ano, a instituição já calculou 762 estudantes matriculados.

A matéria do Jornal Valor Econômico já cita que essa habilidade já não está mais sendo vista como um grande diferencial entre os profissionais, “à medida que aumenta a demanda pela habilidade de escrever códigos, ou linguagens de programação utilizadas para criar sites e aplicativos, esses conhecimentos técnicos estão deixando de ser privilégio dos profissionais da área de tecnologia de informação”.

Adam Enbar, fundador da Flatiron School, escola de Nova York que oferece cursos de programação, também concorda com esse pensamento. “Comparo [saber] programar com [saber] escrever”. E completa “estamos entrando em um mundo onde todos os trabalhos serão técnicos, se é que já não são”.

A programação é uma matéria fruto da sociedade em que estamos. Uma geração cada vez mais conectada. Já dissemos por aqui da importância da programação, mas o interessante, é que agora percebemos que tanto profissionais, como crianças e pais, já possuem grande consciência do “poder” dessa aprendizagem.

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU