O amor nos tempos do Tinder

Comentário da matéria “O amor nos tempos do Tinder”

Revista Info

 

Você já pensou em conhecer alguém pela internet? Mas não estou falando de “amigos em comum” ou utilizar o popular “Facebook”. É usar um site de relacionamento voltado à “paquera”. Aposto que você acredita que estes sites não dão certo, que são voltados para quem não quer compromisso. Afinal, as primeiras experiências ficaram lotadas de perfis falsos que se baseavam em verdadeiros “ataques” ao sexo oposto.

Pois agora, o Tinder, que na verdade trata-se de um aplicativo, que pode ser instalado em Android ou iOs, tem mudado este cenário da paquera online. A Revista Info expõe os números impressionantes, assim como as experiências de usuários que conseguiram partir do virtual para um encontro real.

O aplicativo Tinder forma quase dois milhões de casais pelo mundo. São mais de 100 milhões de perfis avaliados todos os dias. Justin Mateen, 27 anos, e Sean Rad, 26 anos, são os criadores da plataforma. Há dois anos, eles perceberam que não havia uma plataforma de paquera virtual voltada para pessoas entre 18 e 35 anos. Funcionando num escritório em Los Angeles, a startup hoje tem 11 funcionários.

Página minimalista, integração com o Facebook, exigência de fotos e uma política totalmente contra spams. É assim que o Tinder convence pessoas do mundo inteiro a apostarem na internet para conhecer mais pessoas e quem sabe começar um namoro. Um aplicativo que tem criado experiência e que, em pouco tempo, também poderá gerar muito lucro. Ideias inovadoras em um novo conceito de mercado digital.  

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU