Apple corta pedidos para iPhone 5 e sua ação perde força

Comentário da matéria “Apple corta pedidos para iPhone 5 e sua ação perde força”

Jornal Valor Econômico

 

A pioneira em smartphones no planeta, a Apple, viu seu iPhone ser deixado para trás pelas novatas. Aparelhos dotados do sistema operacional Android, do Google, agradaram grande parcela da população, que se entusiasmou com a compra de seu primeiro smartphone.

Os números comprovam. A coreana Samsung ocupou 31,3%, no terceiro trimestre de 2012, das vendas mundiais de smartphones, enquanto os aparelhos com a marca da maçã foi responsável por 14,6% das vendas no mesmo período. Além disso, as ações da Apple que atingiram um pico de US$ 705,07 em setembro, perdeu ontem 3,57% fechando em US$ 502,45.

O Jornal Valor Econômico sucinta uma possível queda na produção de iPhones. Segundo as informações, apesar de não serem oficiais, a Apple cortou os pedidos de componentes para o smartphone 5 em resposta a uma demanda mais fraca que o esperado. As encomendas de telas para o trimestre de janeiro à março, por exemplo, caíram para cerca de metade do que a Apple havia planejado.

Considerada a marca mais valiosa do mundo, a Apple tem fortes atributos que lhe mantém na liderança.  Além disso, seus clientes já estão fidelizados e são os maiores defensores da marca. Entretanto, todo este patamar não lhe garante blindagem: é preciso crescer e conquistar novos clientes. Como resposta, novos modelos menores e mais populares são prometidas para os próximos meses. Vamos aguardar e ficar de olho.

 

 

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU