Vício em internet e smartphones provoca alterações no cérebro

Um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade da Coreia do Sul mostra que adolescentes viciados nessas tecnologias têm maior propensão para sofrerem com depressão, ansiedade, insônia e impulsividade. E exames de ressonância magnética revelaram que a dependência provoca alterações no balanço químico no cérebro.

Os pesquisadores aplicaram aos voluntários questionários para medir a severidade da dependência e os adolescentes adictos tiveram notas maiores para depressão, insônia, ansiedade e impulsividade.

Os jovens também passaram por exames de espectroscopia por ressonância magnética, antes e após a terapia, para medição dos níveis de ácido gama-aminobutírico (GABA), neurotransmissor que inibe ou reduz os sinais cerebrais; e de glutamato-glutamina (Glx), um neurotransmissor que excita os neurônios.

Os resultados revelaram que a presença em excesso do GABA resulta em vários efeitos colaterais, como a sonolência e a ansiedade. A boa notícia é que após a terapia cognitivo-comportamental os níveis do GABA foram reduzidos ou normalizados.

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU