Hidrogel promete recuperar fraturas ósseas

Cientistas da Argentina, Espanha e Brasil criaram um hidrogel derivado de proteínas naturais do corpo humano que promete estimular a regeneração do osso. Ele segue um processo de gelificação inverso – isso significa que é líquido a uma temperatura inferior a 4ºC, mas, à medida que aquece, adquire uma consistência gelatinosa.

Quando essa substância é aplicada na fratura óssea, ela se adapta à área lesionada e começa a atuar. À medida que o osso vai se regenerando, o material que foi injetado na lesão vai se decompondo.

A meta da equipe é permitir que, no futuro, os pacientes com fraturas ósseas ou com outras condições congênitas e/ou adquiridas que envolvam perda óssea possam ser tratados de forma menos invasiva, graças a essa terapia de reposição.

O brasileiro João Paulo Mardegan Issa, professor da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (Forp), da USP, participou dos testes (realizados em coelhos), da análise dos resultados e da escrita do trabalho, que foi publicado na revista científica Tissue Engineering Part A.

Segundo ele, existe a expectativa de que, no futuro, esse gel possa ser utilizado em várias áreas médicas, incluindo procedimentos odontológicos relacionados a reparação óssea – mas isso demandaria novos estudos.

Agora, os pesquisadores entraram numa nova etapa, na qual será testada uma nova versão desse hidrogel, com algumas pequenas modificações em relação à anterior, com o intuito de melhorar a formação de tecido similar ao osso. Ainda são necessários mais experimentos antes que o hidrogel possa ser finalmente testado em humanos.

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU