Ninho de startups

 

Grandes corporações criam no Brasil espaços para que os empreendedores coloquem em prática suas ideias. Iniciativa que é interessante tanto para as empresas como para as startups que procuram apoio.

Muitas empresas tradicionais sentem dificuldade de inovar devido à alta burocracia de seus negócios. Além disso, o mercado tecnológico evolui rapidamente e elas sabem da importância em acompanhar as novas tendências.

As startups conhecidas pela forma dinâmica e enxuta de inovar são ótimas aliadas. É por isso que grandes empresas desenvolvem centros de estímulo para os empreendedores. São lugares que formam um ambiente propício para a inovação. A Telefônica, por exemplo, tem unidades de aceleração em diversos países, entre eles o Brasil que já recebeu R$ 5,8 milhões de investimento em 54 empresas digitais.

Conheça outras iniciativas no país:

Ninho de startups- imagem

 

Essa é uma troca especialmente valiosa. De um lado, as empresas conseguem diminuir as principais barreiras que as impedem de inovar – tempo gasto, necessidade de aprovação de muitas pessoas, etc. – ao trazer para dentro de seus negócios jovens empreendedores com ideias novas e modernas. O objetivo pode ser tanto melhorar os serviços atuais da companhia ou explorar nichos diferentes. Em contrapartida, os empreendedores usufruem de espaços de trabalho favoráveis para o desenvolvimento de suas ideias, com infraestrutura adequada, networking, mentorias, cursos, investimento financeiro, entre outros.

 

 

 

*Artigo baseado na reportagem da revista Exame

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU