Empresas de tecnologia desafiam bancos

 

As previsões futuras apontam que um número cada vez maior de pessoas vai aderir aos aplicativos instalados no celular para efetuar pagamentos. E é isso que preocupa muitos bancos tradicionais que podem perder parte importante de suas receitas para as empresas de tecnologia especializadas nesse segmento.

Muitas das grandes companhias de tecnologia agora podem oferecer aos consumidores acesso fácil a fundos, com sistemas alternativos e de custo mais baixo”, diz Stephen Ley, especialista da consultoria Deloitte. “Elas já contam com um exército de clientes leais, com marcar fortes e operações em larga escala”.

Um relatório da YouGov que analisou bancos comerciais britânicos, mostrou que as ameaças de perder clientes para o PayPal ou WePay são maiores do que para bancos de médio porte.

A tecnologia se desenvolve e nessa mesma proporção atinge diferentes setores da economia. Muitos profissionais se sentem ameaçados de perder seus empregos, assim como muitas companhias passam a ter novos concorrentes: as empresas de tecnologia. Outro exemplo que recente comentei aqui no blog é sobre gigantes como Apple e Google competindo no setor automobilístico. Na maioria dos casos, os modelos tradicionais que veem seu futuro ameaçado têm três opções: mudam seus negócios, se aliam a própria tecnologia que os desafiam ou se apressam para conseguir inovar o seu produto e oferecer experiências que se assemelham as novas tendências do consumidor.

 

 

 

*Assunto extraído do Jornal Folha de S. Paulo

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU