O alfabeto segundo o Google

 

O Google não mais será a megaempresa que possui dentro de sua estrutura diversas companhias de diferentes tipos negócios. Os fundadores da gigante de buscas, Larry Page e Sergey Brin, anunciaram recentemente a criação de uma holding que será dona do próprio Google.

Para entender melhor, holding é o nome que se dá a uma empresa que tem posse majoritária sobre outras empresas, ela possui o controle da administração e também as ações dessas outras que são consideradas subsidiárias. O Google nomeou sua holding como Alphabet.

“Na indústria de tecnologia, em que as ideias revolucionárias impulsionam as próximas áreas de grande crescimento, você precisa se sentir um pouco desconfortável para permanecer relevante”, disse Page, no comunicado sobre a criação da Alphabet.

O novo chefe do Google será o indiano Sundar Pichai, que liderava as divisões do Chrome e Android. Page será CEO da Alphabet e Brin o seu presidente.

Acredito que com essa ação ficou mais claro para o Google conseguir separar seus negócios e, consequentemente, melhorar e inovar cada um desses serviços. Era como se Page e Brin estivessem ‘presos’ nos negócios do Google sem conseguir se envolver mais diretamente com as outras áreas de atuação que a empresa vem investindo. Digamos que o Google se expandiu tão rapidamente e com esse ‘pique’ começou a se envolver em negócios de distintos segmentos e seus criadores talvez tenham ficado de fora disso, descrevendo melhor, a gigante de buscas jamais pensa em ficar para trás, assim está sempre atenta a novas tendências e negócios, e seus criadores não estavam tão confortáveis em não participar ativamente de todas as inovações.

Entenda no quadro abaixo como ficou a nova Alphabet:

 

o alfabeto - gráfico1

 

*Assunto extraído da Revista Isto É Dinheiro

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU