Apple rumo a 1 trilhão de dólares

Comentário da matéria “Apple rumo a 1 trilhão de dólares”

Revista Exame

Você já se deparou em uma situação que o preço de um determinado ativo está acima do que seu valor de mercado?

Isto acontece quando a única coisa que sustenta a progressão do mercado é a entrada de novos participantes, num esquema em pirâmide natural. Quando esse processo persiste, em função de uma atitude dos investidores em obter lucros cada vez maiores, baseada em expectativas no mercado futuro e em especulação financeira, forma-se uma “bolha”.

Tudo isto é mais fácil de entender nas bolsas de valores. Quando ocorrem sucessivas altas, muitas pessoas entusiasmam-se a investir em ações essa grande demanda faz os papéis subirem ainda mais, gerando uma aparência “artificial” de sobrevalorização.

Foi assim com a Cisco Systems, em 2000. A fabricante de equipamentos em rede atingiu um valor de mercado recorde de 450 bilhões de dólares. Havia investidores dispostos a gastar o que fosse preciso para conseguir uma fatia do promissor mercado de internet. A expectativa é que a empresa chegaria ao patamar inédito de um trilhão de dólares. Isto não aconteceu e a bolha estourou, o que quebrou uma série de empresas e diminuiu o tamanho de muitas outras.

Diante de tal experiência, alguns analistas e a imprensa não deixam de especular uma possível bolha na Apple. A Revista Exame, na matéria “Apple rumo a 1 trilhão de dólares”, mostra todos os números impressionantes dos últimos meses, como forma de indagar: a Apple será capaz de sustentar todo este crescimento?

A empresa da maça faturou entre janeiro e março deste ano 39,2 bilhões de dólares, crescimento de 62% em relação ao mesmo período do ano passado. Com destaque fica o lucro líquido de 11,6 bilhões de dólares, 94% mais do que o do segundo trimestre de 2011. Nos últimos seis meses, a empresa faturou 85,5 bilhões de dólares, 20 bilhões a mais que a receita obtida em todo o ano de 2010.

A Apple é reconhecida por seu pioneirismo. A empresa lançou os primeiros smartphone e tablet – dispositivos que inauguraram uma nova era em tecnologia da informação e comunicação. Tamanho ineditismo pode realmente ter sido recompensado pela fidelidade de seu público, bem como ser objeto de desejo pelas pessoas de todo mundo. O que explica tamanha valorização do mercado. Agora fica a pergunta: a empresa conseguirá manter-se como precursora de novas tendências?

Na contramão das incertezas, a maçã prossegue com o lançamento de novos produtos e se prepara para expandir seus negócios no promissor mercado asiático. De fato, é preciso preocupar-se com o efeito da bolha, porém o crescimento da empresa, comprovado em números, mostra que a Apple possui fôlego para continuar superando as expectativas.

 

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU