Apple e Google partem para a guerra dos mapas

Comentário da matéria: “Apple e Google partem para a guerra dos mapas”

Jornal Valor Econômico

Um tempo atrás, o Google maps, com sua adptabilidade aos aparelhos móveis, ajudava no sucesso do iPhone, smartphone pioneiro, da marca Apple. Uma união harmoniosa até uma das gigantes se sentir invadida em seu território.

Em resposta ao sucesso dos smartphones com o sistema operacional Android, o qual as vendas já superam as do iPhone, a Apple arquiteta substituir o Google maps  por um aplicativo de sua própria autoria como padrão em seus aparelhos. O objetivo é diminuir o domínio da Google no serviço de mapas e reduzir sua arrecadação com anúncios móveis associados com a localização.

A gigante das buscas também apresenta suas armas com o recente lançamento de sua loja de apps móveis para concorrer com a iTunes e já desenvolve um assistente de buscas comandados por voz, assim como a Siri, grande diferencial nos aparelhos da Apple.

O diretor-gerente do banco de investimentos Rutberg & Co., Rajeev Chand define essa rivalidade como a “batalha histórica de hoje”. “Google e Apple estão numa batalha sobre dados, aparelhos, serviços e o futuro da computação”, afirma ao Jornal Valor Econômico.

De fato, a guerra entre as poderosas movimentará cada vez mais o cenário da tecnologia. A corrida pela inovação é veloz e acirrada, entretanto, é ela que permite não só uma revolução digital, mas traz benefícios de melhores produtos aos clientes à valores mais competitivos.

 

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU