Universidade desenvolve novo método de detecção do HIV

Cientistas da Universidade de Stanford, nos EUA, desenvolveram um novo método de detecção oral do vírus HIV, segundo estudo publicado na revista especializada “PNAS”.

O novo método, mais sensível, combina a conveniência do tradicional exame oral de detecção através da saliva, com a confiabilidade do exame de sangue.

A forma mais comum de detectar a infecção por HIV é através dos anticorpos presentes em uma amostra de sangue, que são as proteínas criadas pelo sistema imunológico sob medida para atacar o vírus e lutar contra a infecção.

O objetivo da equipe era encontrar uma maneira de facilitar a detecção da pequena quantidade de anticorpos presentes na saliva de uma pessoa com HIV, um exame ao qual todo o mundo aceita se submeter.

Durante a pesquisa, foram feitos diagnósticos corretos em 22 pessoas nas quais o vírus HIV também foi detectado através de outros métodos. Além do HIV, os mesmos princípios podem ser utilizados para os exames de alergia e de detecção de infecções por tifo e tuberculose.

Foto: Divulgação

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU