Empresa cria “gato robô”

A empresa japonesa Yukai Engineering acaba de criar um inusitado “gato robô“. Ele não mia, não come, não usa a caixinha de areia e também não tem cabeça e nem patas.

Ainda que o visual do Qoobo seja diferente, o gato robótico é inteligente. O aparelho tem o peso de um gato comum e responde ao toque de seu dono, como se fosse um gato qualquer. Seu corpo vibra e balança a cauda.

A fabricante defende que sua invenção tem benefícios terapêuticos, além de ser adequada para pessoas alérgicas ou que não podem ter um animal de verdade em sua residência.

O aparelho, que contará com uma bateria de oito horas, vem em duas cores: cinza e marrom. Quando chegar ao mercado, em junho de 2018, custará cerca de US$ 100 (aproximadamente R$ 320).

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU