A era da solidão acompanhada

 

Será que você é um cibersolitário? Esse é um novo personagem do século XXI, mais precisamente da Era Virtual, caracterizado por pessoas que anseiam ficar o tempo todo conectado com tudo e com todos.

“Eles estão juntos, mas separados. Estão próximos, porém distantes. Estão acompanhados – mas sozinhos”, esses são os cibersolitários segundo a reportagem da Revista Veja.

Com qual frequência você usa seu smartphone? Seja sincero e reflita: você tem uma relação melhor quando interage com uma pessoa em um bate-papo online ou real? Um dado interessante da Pew Research Center dos Estados Unidos – e talvez você até se enquadre nele – revelou que 47% dos jovens entre 18 e 29 anos, usam o smartphone para deliberadamente evitar pessoas ao redor.

A psicóloga Dona Sampaio afirma. “O que vicia é a possibilidade de melhorar o conceito sobre si mesmo, e isso é justamente o que aumenta a solidão: o abismo entre a persona virtual e a real”. Há pessoas menos pessimistas, como diz o sociólogo e advogado Stefan Larsson. “A maneira como nos socializamos e nos comunicamos muda; no entanto, o que ocorre agora é mais uma alteração de formato, da voz para o texto”.

Esse tipo de debate constantemente aparece para nos fazer refletir. Ao ler a matéria me surgiu uma dúvida: esse anseio em estar no mundo virtual o tempo todo será apenas passageiro? Isso porque essas ferramentas tecnológicas são relativamente novas para todos nós e talvez vamos nos acostumar e se adaptar a elas; ou será que isso é uma tremenda bobagem e futuramente estaremos ainda mais ‘dependentes’ desse universo tecnológico?

 

 

*Assunto extraído da Revista Veja

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU