Aplicativos levam motoristas a áreas dominadas por criminosos

 

Os aplicativos de trânsito, como os famosos Waze e Google Maps, são ferramentas muito usadas por milhares de pessoas. Mas, infelizmente a maioria dessas tecnologias possui um grande defeito: por em risco a nossa segurança ao indicar trajetos em áreas perigosas.

Como aconteceu recentemente com a atriz Fabiana Karla, da Tv Globo. Seguindo indicações de um GPS, ela foi parar dentro de uma favela de Niterói, no Rio de Janeiro. Homens armados cercaram o carro e, na fuga, o veículo da atriz foi atingido por tiros. Ninguém se feriu.

“95% dos aparelhos de GPS têm uma margem de erro de localização de 10 metros. Os outros 5% podem ter muito mais, chegando a 200 metros”, afirma o professor de engenharia de transporte da Poli-USP, Edvaldo Fonseca Jr.

Eu uso muito esses aplicativos com GPS, além de achar endereços, eles possuem outras ótimas funções de tráfego, como a indicação de engarrafamentos ou acidentes. São muito funcionais, tecnologias que nos ajudam muito no dia a dia. Contudo, nessas sugestões de rotas, também já segui caminhos desconhecidos, com ruas desertas e mal iluminadas, o que não foi nada interessante.  Nem sempre o caminho mais rápido é o mais seguro, e essas ferramentas podem falhar nisso. Que fique aqui o alerta!  

 

 

*Assunto extraído do Jornal Folha de S. Paulo

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU