Muito além da diversão

A realidade virtual – tecnologia que simula o mundo por meio de computadores – se estendeu do mundo dos games e agora prova que pode revolucionar quase tudo ao nosso redor.

Foi principalmente a Oculus Rift que abriu as portas para o desenvolvimento dessa inovação. Lançado em 2012 por Palmer Luckey, a tecnologia impactou o mercado dos jogos ao conseguir recriar em detalhes nunca vistos, a realidade à frente dos olhos das pessoas.  Muito felizmente ela não ficou apenas presa aos games, e hoje começa a se mostrar muito promissora em outras áreas.

Um exemplo é o Exército americano que utiliza os óculos para inserir os militares em combates virtuais. Os soldados testam assim suas habilidades e enfrentam diversos tipos de situações, evitando posteriormente erros no mundo real.

Não por acaso que a gigante Facebook comprou em 2014 a Oculus Rift por 2 bilhões de dólares. Entre as pretensões de Zuckerberg, está em usar a tecnologia para redefinir uma série de indústrias. Estima-se que o mercado da realidade virtual irá movimentar pelo menos 407 milhões de dólares até 2018.

As possibilidades dessa inovação são imensas. Aqui no blog já citei como ela é usada para combater fobias. Na educação, poderá projetar alunos a cenários passados; as empresas, treinar seus funcionários em diversos tipos de situações ou até mesmo usá-la para reuniões e debates. E assim como o exército americano, bombeiros, policiais e agentes também poderiam tê-la como uma grande aliada.

De fato, a realidade virtual pode revolucionar diversos aspectos da nossa vida. – Torceremos para que ela seja realmente tangível para a grande maioria -. Eu particularmente estou ansioso para viver essa extraordinária experiência tecnológica.

 

*Assunto extraído da Revista Veja

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU