Lucro a um clique

Comentário da matéria “Lucro a um clique

Revista Isto É Dinheiro, 23 de junho

 

Gestores de bolsas valores e analistas do mercado financeiro, interessados em novos investidores, estão atentos as oportunidades que surgem na internet, com as redes sociais em ascensão. O assunto, tema da reportagem “Lucro a um clique”, publicada pela Revista Isto É Dinheiro, nos mostra como o máximo de 140 caracteres de um “tuite” pode influenciar o desempenho das ações.

Hoje, há fundo de ações que compra e vende papéis com base nos comentários postados no Twitter. De acordo com os pesquisadores, Johan Bollen e Huina Mao, ao acompanhar a “enxurrada de frase e estabelecer suas correlações com as decisões de compra e de venda é possível prever o movimento nos pregões com uma margem de acerto de 87,6%”.

As corretoras também estão atentas ao Facebook – rede social com maior número de membros no planeta. Além de só observar o comportamento dos usuários, duas empresas optaram pela interação. A Ativa associou-se a um concorrente, a corretora inglesa iCap, para lançar um simulador de mercado financeiro chamado Dosh. Os participantes entram na rede social e podem comprar e vender ações com dinheiro virtual, seguindo oscilações reais.

Tais exemplos, citados na reportagem, demonstram o poder das redes sociais. As pessoas conectadas encaram o meio online como aprendizado e até mesmo como ambiente para tomada de decisão. Empresas pioneiras na participação de redes sociais acompanham o ritmo de seus clientes e não só observam o movimento de perto, como são parceiras do internauta. Daí a necessidade das organizações acompanharam de perto os internautas. “Ganha pontos quem tiver o melhor relacionamento”.

 

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU