O amor está on-line

Como será que o dia dos namorados foi comemorado entre os jovens na sexta-feira passada? A curiosidade vem pelo fato que a tecnologia está transformando a relação a dois, atingindo principalmente essa nova geração.

O amor está conectado, literalmente 24horas por dia, dá pra mandar fotos de tudo o que está fazendo, conversar por vídeo e trocar mensagens de áudio.  Pronto! Esse é o jeito do romance moderno.  Agora as mãos no celular estão substituindo o toque físico na pessoa amada.

“Sinto saudade, mas não posso dizer que fico com saudaaaade por não ver meu namorado durante a semana. A gente está conectado o tempo todo, consegue se ver pro vídeo, receber fotos a qualquer momento. Até fazer surpresas é meio sem graça”, diz Julia Dallana, 16.

O psicólogo e professor da Universidade Mackenzie explica. “Os pensamentos, os sentimentos, as relações estão se transformando nesta geração. Quando eles falam que não sentem saudade é porque o virtual, de certa maneira, está substituindo o contato. Eles se sentem próximos pela tecnologia”.

Hoje praticamente todo mundo, jovens, adultos e até mesmo idosos, utilizam essas ferramentas nesse tipo de relação. Não há como negar que a tecnologia consegue nos deixar mais próximos da outra pessoa, e é claro, ajuda a matar aquela saudade quando se está longe. Contudo, é essa nova geração que já nasceu com um alcance muito maior a tecnologia que não desgruda do celular. Mas não há muito que se preocupar, com o tempo eles mesmo irão perceber como o “ao vivo” é indiscutivelmente mais prazeroso.

 

 

*Assunto extraído do Jornal Folha de São Paulo

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU