“De igual para igual”

Fonte: Revista INFO

 

Você já imaginou conversar com um bichinho de pelúcia? Ou acessar um site e falar com um vendedor virtual? Essas e outras tantas experiências tecnológicas já estão sendo desenvolvidas, e há grandes chances de em breve, tudo isso se tornar possível.

Em janeiro, a IBM criou o Watson Group, companhia que pretende levar esse poder de processamento às empresas para descobrir como essa capacidade pode ser aplicada na saúde, no setor financeiro ou no varejo.

Por exemplo, através do Watson é possível perguntar a ele quais elementos químicos ainda não foram testados em remédios ou quais combinações não foram patenteadas. Com base em um grande banco de dados, o Watson é capaz de gerar hipóteses para respondê-la.

O projeto da startup Majestik App – que usa o sistema Watson – criou um ursinho de pelúcia que responde perguntas de crianças em voz alta. E até mesmo da Fluis que tem um projeto para criar um assistente virtual para lojas online.

Esse é o desenvolvimento da tecnologia que pretende alcançar todas as áreas da nossa vida. Experiências cada vez mais interativas e informativas. É gratificante acompanhar todo esse progresso tecnológico que vivemos. O cientista da computação que está à frente do grupo Watson, Michael Rhodin, diz “É o começo de um novo ciclo, que vai durar 50 anos”.

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU