Google incentiva troca de viagens por videoconferência

Comentário da matéria “Google incentiva troca de viagens por videoconferência”

Jornal Valor Econômico

 

O Brasil mais uma vez está na rota do Google. O novo serviço de videoconferência – o Hangout – é planejado para entrar de vez no nosso país. O gaúcho Antonio Schuch é o executivo responsável pela inserção do sistema na América Latina.

O Hangout já foi adotado por aproximadamente cinco milhões de companhias no mundo, de acordo com o Google. Por dia, são cerca de cinco mil adições. No Brasil, a grande maioria dos usuários é formada por clientes empresariais.

O serviço de videoconferência do Google tem duas versões, uma gratuita e outra mais sofisticada para o mercado corporativo. Nessa segunda opção, as companhias pagam uma taxa anual de uso de US$ 65 por pessoa conectada.

O Google maximiza seu leque de opções – agenda, e-mail e compartilhamento de arquivos somam-se ao serviço de videoconferência. Baseado nas tecnologias “Cloud Computing”, a empresa se fortalece como proposta corporativa. E mais uma vez o Brasil é foco.

Devemos mesmo nos inserir nas novas tecnologias, mas, mais do que nunca, também investirmos em soluções próprias que estimulem o empreendedorismo local. Quem aqui tem uma solução de videoconferência?

Compartilhe no Google Plus

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU